Promotor público entra com pedido de inquérito contra Samsung por apologia de maus-tratos a animais

Papel de parede comercializado pela Samsung


O Promotor Público e colunista da ANDA, Laerte Levai, depois de receber representação de entidades de proteção animal referente à apologia de crime de maus-tratos a animais envolvendo a empresa multinacional SAMSUNG, a qual estaria oferecendo papéis de parede para telefone celular com imagens de gatos maltratados (um esmagado por uma bota e outro esfaqueado),  encaminhou um ofício pela Promotoria de Justiça ao Ministério Público Federal, na pessoa da Procuradora da República Chefe, em São Paulo, solicitando abertura de inquérito civil para apurar as responsabilidades e depois propor as medidas legais contra os responsáveis pela apologia criminosa.


Papel de parede comercializado pela Samsung


O promotor acredita que, mesmo a empresa tendo retirado o papel de parede de comercialização, já incorreu em crime e causou um prejuízo, sobretudo de ordem pedagógica, aos consumidores. “A natureza interestadual dos fatos e a possibilidade de essas imagens cruentas atingirem um número indeterminado de pessoas, fazendo uma propaganda antipedagógica, apesar de a Constituição Federal vedar a submissão de animais à crueldade e maus-tratos, constitui um crime ambiental”, explicou Laerte Levai, que aguarda as providências legais cabíveis.

via ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: