DIA MUNDIAL da ÁGUA

Com o tema “Água Limpa para um Mundo Saudável”, a Agência Nacional de Águas (ANA) lança o hotsite Águas de Março 2010. Em sua quarta edição, o portal divulga o calendário das atividades em todo o Brasil dedicadas ao Dia Mundial da Água, celebrado todos os anos no dia 22 de março. Além da agenda de eventos, o site reúne informações sobre recursos hídricos relacionadas ao tema anual definido pela Organização das Nações Unidas (ONU).


Este ano, as Nações Unidas dedicam o dia Mundial da Água à qualidade da água, com o objetivo de mostrar que na gestão dos recursos hídricos qualidade é tão importante quanto quantidade. Em todo o mundo, o mês de março é dedicado a atividades, celebrações e reflexões sobre o uso sustentável e consciente da água.


Histórico
Em 22 de dezembro de 1992, a Assembléia Geral da ONU declarou que no dia 22 de março de cada ano, a partir de 1993, seria celebrado o Dia Mundial da Água. Essa decisão baseou-se nas recomendações contidas no capítulo 18 da Agenda 21 que define como objetivo geral assegurar a manutenção da oferta adequada de água de boa qualidade para toda a população do planeta e a preservação das funções hidrológicas, biológicas e químicas dos ecossistemas.
Com a instituição do Dia Mundial da Água, os países foram convidados a aderir às recomendações da ONU relativas aos recursos hídricos e a concretizar atividades apropriadas ao contexto de cada país.


Dia Nacional da Água
No Brasil, a adesão partiu do Congresso Nacional. A Lei nº 10.670, de 14 de maio de 2003, instituiu o Dia Nacional da Água, que também passou a ser comemorado no dia 22 de março de cada ano.


Fonte


Água limpa para um mundo saudável, por José Alberto Wenzel*

O Dia Mundial da Água, 22 de março, instituído pela ONU em 1993, tem como tema este ano “Água limpa para um mundo saudável”, em meio ao descuido com a natureza e aos resultados desastrosos que acompanham o dia a dia da humanidade. O objetivo é mostrar que, na gestão dos recursos hídricos, qualidade é tão importante quanto quantidade. Várias questões preocupam os gaúchos. No Rio Grande do Sul, 98% dos 325 municípios conveniados com a Corsan possuem água potável. Estudo indica que cada gaúcho consome 200 litros de água por dia. Nas demais cidades, do total de 496, o sistema geralmente é gerido pelo próprio município. A perspectiva do governo do Estado, em médio prazo, é de que todas as cidades operadas pela Corsan recebam água tratada.

A estiagem, que se reflete na produção agrícola, é minimizada com a construção de cisternas e microaçudes pelo governo gaúcho. Até o fim do ano, serão finalizados 3 mil microaçudes de até cinco hectares cada um, que se juntarão aos mais de 1,4 mil já prontos, em um total de 20 mil hectares de água. Em cada sete anos dos últimos 35, no RS, há estiagens, restando apenas três anos normais em termos de precipitações.

Em nível nacional, o Atlas de Abastecimento Urbano de Água no país, lançado em 2009 pela Agência Nacional de Águas, aponta as condições dos mananciais e dos sistemas de produção de água em 2.965 municípios. Dado revela que 1.896, ou seja, 64%, necessitam de investimentos prioritários que totalizam R$ 18,2 bilhões. As verbas evitarão o colapso no fornecimento. Concluídos até 2015, podem garantir o abastecimento até 2025.

A região metropolitana de Porto Alegre necessita de aplicações de R$ 266 milhões em abastecimento de água. Municípios com mais de 250 mil habitantes requerem aportes de R$ 48 milhões. No RS, foram pesquisadas 34 cidades, sendo que 31 estão na Região Metropolitana e três apresentam população superior a 250 mil. O Atlas incluiu o Nordeste, regiões metropolitanas e Sul. O trabalho será expandido neste ano e atingirá os demais municípios gaúchos e brasileiros.

Previsões da ONU indicam que em 2050 mais de 45% da população mundial não poderá contar com a porção mínima individual de água para necessidades básicas. O Brasil tem provavelmente as maiores reservas de água do mundo. Portanto, para evitar situações insustentáveis é necessário gerenciamento, armazenagem, tratamento e distribuição das águas. Evitar a poluição deve ser uma prioridade.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: