Isoflavonas de soja

Estão presentes na semente desta leguminosa e previnem doenças. Saiba quais
 

Basta ingerir pratos que incluam soja na sua confecção para tirar partido dos seus benefícios.

Estas substâncias fazem parte do grupo dos fitoestrogénios, compostos de origem vegetal com actividade biológica semelhante à das hormonas sexuais femininas (estrogénios), essenciais na prevenção de tumores cancerígenos, bem como das doenças do coração e dos vasos coronários.

Dentro das isoflavonas, destaca-se a genisteína, a que maior efeito poderá ter na diminuição dos incómodos da menopausa (ainda que esta relação não esteja ainda científicamente sustentada).

Como as isoflavonas se comportam da mesma forma que os estrogénios, discutem-se actualmente os possíveis efeitos adversos do seu consumo excessivo em crianças (com um sistema reprodutivo imaturo). Recomenda-se, por isso, uma ingestão regrada de produtos à base soja nas crianças e somente a partir de um ano de idade.

As doenças que previnem

O consumo frequente de soja ajuda a baixar a hipertensão, já que as isoflavonas têm um efeito vasodilatador e ajudam a equilibrar os níveis de sódio e potássio. Se for ingerida diariamente pode reduzir a hipertensão em cerca de 10%.

A proteína da soja e as suas isoflavonas produzem uma redução significativa do colesterol mau (LDL). Os ómega-3 e os fitoesteróis também protegem o sistema cardiovascular. As mulheres que consomem soja cinco vezes por semana correm menos risco de ter um enfarte ou um AVC do que as que não a incluem na sua alimentação.

O risco de desenvolver diabetes tipo 2 é reduzido em cerca de 15% com um consumo diário de 100 mg. de magnésio, um mineral abundante na soja.

As isoflavonas de soja têm vindo a ser utilizadas na gestão dos sintomas da menopausa, seguindo o exemplo asiático. No entanto, de acordo com o presidente da Sociedade Portuguesa da Menopausa, Mário Sousa, até agora nenhum estudo científico demonstrou a sua eficácia neste âmbito.

As isoflavonas presentes na soja ajudam a estimular a fixação do cálcio, o que fortalece a saúde dos ossos e previne a osteoporose. O consumo habitual de soja diminui cerca de 74% o risco de cancro da mama e até 60% de sofrer lesões benignas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: